domingo, outubro 2, 2022

Propostas inovadoras impulsionam candidatura de Pedro Valério a deputado federal

Date:

O candidato a deputado federal pelo União Brasil (UB), Pedro Valério, que dirigiu o Partido Social Liberal (PSL) por quase quatro anos, faz uma campanha com propostas de cunho ideológico e inovadoras. Entre as principais, figuram a geração de emprego e renda, através da produção rural, e aquela que tem causado um grande impacto na sociedade: a adoção de políticas públicas na área da medicina fetal.

De acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), é possível aumentar em 20 vezes o faturamento da produção rural do Acre em áreas já desmatadas. Para isso se efetivar, segundo o candidato, é preciso existir uma regularização fundiária, acompanhada por uma política agrícola de estado, com assistência técnica continuada, melhoramento de ramais, acesso à energia convencional e à solar, internet via satélite, serviços de saúde e educação, além da abertura de linhas de crédito para o financiamento da produção e aquisição de equipamento agrícolas.

Além disso, segundo Valério, é preciso flexibilizar as leis ambientais e dos licenciamentos para ‘descontaminar’ o ambiente de negócios do Acre. “É preciso suscitar esse debate, ter coragem de lutar pela produção, caminho único para o nosso desenvolvimento”, enfatizou o candidato, para quem o território acreano é privilegiado pela natureza e geopoliticamente estratégico para o Brasil.

Pedro Valério, que tem uma filha com paralisia cerebral, é um ardoroso defensor de políticas públicas para implantação da medicina fetal, uma especialidade que visa o acompanhamento detalhado de gestações, ultrassonografia e outros procedimentos, visando ao bem estar do binômio mãe-feto. “Isso evitaria em 90% o nascimento de crianças com deficiência”, afirmou ele, que também pretende lutar pela revisão do benefício de prestação continuada.
“Defenderei o direito ao benefício a toda criança individualmente e, essencialmente, permitir que os pais trabalhem. Impedidos de trabalhar os pais inevitavelmente irão se sustentar via benefício da criança. Precisamos ainda defender políticas públicas eficientes visando cuidar de quem cuida dessas crianças”.

Acreano do ‘pé-rachado’

Nascido no seringal Ceci, Rio Muru, Tarauacá, Pedro Valério, de 56 anos, mora na zona rural de Rio Branco. Atua no ramo da pecuária e psicultura e já exerceu vários cargos nos governos federal e estadual. “Quero ser a voz dos acreanos. Precisamos de um interlocutor entre o poder estatal e setor produtivo (indústrias e agroindústrias), principal vetor de geração de emprego e renda.
Valério também defende o imposto único, o fim do isolamento de alguns dos nossos municípios, a unificação das eleições, o fim da reeleição e mandatos eletivos de igual duração para todos os cargos, além do ensino de qualidade e do apoio aos protetores e todas as atividades de incentivo e valorização à causa animal.

Da assessoria